Bolsonaro superfaturou notas fiscais

Uma reportagem feita pelo jornalista investigativo, Lúcio de Castro, para a agência Sportlight, revelou que o atual presidente da República, Jair Bolsonaro (Sem Partido), superfaturou uma série de pedidos de reembolso da verba de combustível. A atitude criminosa teria acontecido enquanto Bolsonaro era deputado federal do Rio de Janeiro entre os anos de 2009 e 2011. A investigação encontrou notas fiscais que mostram abastecimentos de mais de mil litros de gasolina em um único dia no carro de Jair Bolsonaro, ainda que não exista veículo com tamanha capacidade de armazenamento.

Foram analisados os abastecimentos realizados entre os dias 7 de janeiro de 2009 e 11 de fevereiro de 2011. Dentro deste período foram identificados 11 abastecimentos incomuns feitos em nome do atual presidente. O valor superfaturado equivale, atualmente, após revisão monetária, a R$ 45.329,48.

Fonte: https://www.opovo.com.br/noticias/politica/2020/04/07/enquanto-deputado–bolsonaro-superfaturou-pedidos-de-reembolso-da-verba-de-combustivel–revela-reportagem.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *