Bolsonaro se contradiz a respeito de vídeo convocando protesto

O presidente Jair Bolsonaro entrou em contradição nesta 5ª feira (27.fev.2020) ao tentar explicar a origem do vídeo que compartilhou pelo WhatsApp com a convocação para protesto em 15 de março.

Segundo o presidente, a peça seria, na verdade, referente a 1 protesto em 15 de março de 2015, pelo impeachment da então presidente Dilma Rousseff. Em outro momento, Bolsonaro menciona que a mídia trata do atentado a faca que sofreu ­­–em 2018.

Fonte: https://www.poder360.com.br/midia/bolsonaro-nega-ter-apoiado-ato-contra-legislativo-mas-critica-congresso/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *