Reprovado por comitê técnico, “amigo particular” de Bolsonaro vai ganhar R$ 55 mil por mês na Petrobras

Victor Guerra Nagem foi nomeado assessor da Presidência da Petrobras. Em janeiro, o capitão tenente da reserva da Marinha foi rejeitado pela estatal para o posto de gerente executivo

Carlos Victor Guerra Nagem, chamado por Jair Bolsonaro de “amigo particular” durante campanha eleitoral, foi nomeado assessor da presidência na Petrobrás, após ter indicação para gerência executiva da empresa rejeitada por comitê que avalia nomeações.

Leia matéria completa:

FONTE: https://revistaforum.com.br/politica/reprovado-por-comite-tecnico-amigo-particular-de-bolsonaro-vai-ganhar-r-55-mil-por-mes-na-petrobras/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *